Lote Urbano
Lote Urbano
VEJA
TODOS
OS ANÚNCIOS
Taxas para tirar ou renovar a CNH terão reajuste de 10,42% a partir de fevereiro
21 janeiro 2022 - 10h24
Visualizações: 45

A partir de 1º de fevereiro, o Rio Grande do Sul terá novos valores para quem for renovar ou tirar a primeira via da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Conforme o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-RS), o reajuste, que acompanha a variação da Unidade de Padrão Fiscal (UPF), será de 10,42%.
A portaria que estabelece os preços está prevista para ser publicada em 31 de janeiro. Antes disso, o fechamento dos reajustes é definido e avaliado pelo Conselho de Administração do Estado.

O Detran-RS ainda não definiu todas as tarifas que serão reajustadas, mas GZH fez uma simulação de quais serão as novas quantias que envolvem as taxas para retirada da primeira CNH ou para renovação do documento (veja abaixo) atualizando os preços atuais com o percentual do reajuste

O aumento mais significativo deverá ser para aqueles que buscarem a primeira habilitação na categoria AB (para carro e moto), que foi estimado em R$ 407,07. Assim, o valor final ficaria em torno de R$ 4.314,06.
Já os motoristas, com até 65 anos, que precisam realizar a renovação simples da carteira de habilitação deverão desembolsar cerca de R$ 267,79 a partir de fevereiro.

Primeira habilitação

Aumento (estimativa)

Categoria A (moto): aumento de R$ 220,02

Categoria B (carro): aumento de R$ 256,16

Categoria AB (moto e carro): aumento de R$ 407,07

Categorias C, D ou E: aumento de R$ 258,96

Valor final (estimativa)
Categoria A (moto): R$ 2.331,56

Categoria B (carro): R$ 2.714,52

Categoria AB (moto e carro): R$ 4.314,06

Categoria CDE (cargas e passageiros): 2.744,24

Renovação da habilitação

Valores totais (estimativa)

Renovação simples (até 65 anos): R$ 267,79

Renovação simples (65 anos ou mais): R$ 160,66

Renovação com avaliação psicológica (até 65 anos): R$ 352,48

Renovação com avaliação psicológica (65 anos ou mais): R$ 211,08

Fonte: Rádio Tapejara

veja também
Patram e Ibama realizam fiscalização de combate ao desmatamento em Capão Bonito do Sul
Ucranianos temem que partes do país sejam anexadas à Rússia
publicidade